PROGRAMAÇÃO DIÁRIA

Inscrições

OFICINAS E SEMINÁRIOS



INSCRIÇÕES ABERTAS até o dia 10 de setembro de 2012

ENVIAR A FICHA DE INSCRIÇÃO PARA festseminariosoficinas@gmail.com
INFORMAÇÕES GERAIS: 3325-7777



OFICINA DESENHO DE SOM

Com Eduardo Santos Mendes

18 a 22 de setembro, 14h às 18h
Local: Faculdade de Comunicação da UnB, ICC Norte, Campus Darcy Ribeiro
Inscrições: Enviar a ficha de inscrição para festseminariosoficinas@gmail.com
Vagas: 30
Público alvo: 15 vagas para estudantes do Curso de Audiovisual da UnB e 15 vagas para profissionais, estudantes e demais interessados residentes no Distrito Federal.
Coordenação: Dácia Ibiapina

Nessa oficina será abordado o desenvolvimento histórico da relação audiovisual, em especial no cinema narrativo clássico, enfocando o uso do som no cinema silencioso. Outros temas a serem trabalhados são as primeiras experiências sonoras de diretores consagrados no cinema silencioso, como Alfred Hitchcock, Fritz Lang e René Clair, a padronização do modelo monofônico, o surgimento da estereofonia, além da padronização do modelo monofônico analógico e a padronização do modelo estereofônico digital. Também será apresentado um exemplo de edição de som de um filme de longa-metragem em 5.1.

Eduardo Santos Mendes
É professor do curso superior do Audiovisual da ECA-USP e do Programa de Pós-Graduação em Meios e Processos Audiovisuais. Como sound designer, trabalhou com diretores como Tata Amaral, Carlos Reichenbach, Walter Hugo Khouri, Carlos Adriano, Eduardo Valente, Rubens Rewald, Chico Teixeira, Roberto Moreira, Jean-Claude Bernardet, entre outros. Em seu currículo constam filmes, seriados televisivos, animações e obras publicitárias.

Faça o download da ficha de inscrição aqui

OFICINA EDIÇÃO DE SOM

Com Guile Martins - SP

18 a 22 de setembro, 14h às 18h
Local: Faculdade de Comunicação da UnB, ICC Norte, Campus Darcy Ribeiro
Inscrições: Enviar a ficha de inscrição para festseminariosoficinas@gmail.com
Vagas: 20
Público alvo: 10 vagas para estudantes do Curso de Audiovisual da UnB e 10 vagas para profissionais, estudantes e demais interessados residentes no Distrito Federal
Coordenação: Dácia Ibiapina

A primeira intenção, antes de apresentar os equipamentos e ferramentas da edição de som, é sensibilizar os alunos para a audição e compreensão da paisagem sonora. Como descrever um lugar, rodoviária ou montanha, a partir do que ali se escuta. Quais as manifestações sonoras de um lugar e como estas marcam as horas do dia e a passagem do tempo. Os sons nos situam no espaço, trazem identidade a ele, convidam-nos a dançar ou a fugir. Entender a importância do registro dos sons ameaçados de desaparecer, como o sussurro de uma cachoeira ou o assobio do amolador de facas passando pela rua. A ideia é apresentar o som no cinema como um desdobramento da nossa maneira de ouvir o mundo e de se situar nele, para, a partir daí, usá-lo como ferramenta narrativa e criativa.

Guile Martins
Formou-se em audiovisual pela ECA-USP, em 2006, com especialização em som. Desde 2003 tem trabalhado com captação e edição de som em diversos curtas e longas-metragens. Atuando também como montador, procura explorar a sensorialidade que se desprende das possíveis combinações entre imagens e sons. Paralelamente, desenvolve uma pesquisa em torno da questão da “paisagem sonora”, coletando e arquivando sons pelo Brasil afora. Atualmente, dedica-se também ao estudo e experimentação de música eletroacústica a partir de sons gravados de maneira documental.

Faça o download da ficha de inscrição aqui

OFICINA ATUANDO PARA A CÂMERA

Com Mounir Maasri

19 e 20 de setembro, de 14h às 18h e 21 de setembro, 9h às 12h e 14h às 18h.
Local: Kubitschek Plaza Hotel
Inscrições: Enviar a ficha de inscrição para festseminariosoficinas@gmail.com
Vagas: 15
Público alvo: atores e atrizes com experiência.

Oficina destinada a atores com experiência. Aborda em seu programa o estudo do entendimento e composição de personagens, técnicas de atuação e atuação para câmera. O ator e o aluno terão oportunidade de enfrentar a câmera. Todas as cenas serão filmadas, discutidas, avaliadas.

Mounir Maasri
Ator, diretor, cenógrafo e professor de artes cênicas.
Renomado ator libanês, também diretor e professor de arte dramática. Graduado pelo New York's Actors Studio em 1962, iniciou uma longa carreira artística no Líbano e no exterior. Lecionou dramaturgia em diversas universidades libanesas, sendo também fundador do Instituto de Tecnologia Líbano-Europeu em Jounieh, Líbano. Mounir Maasri produziu ou dirigiu inúmeros filmes, como Our Father on Earth (2003), Charbel (1998), What about Tomorrow (1987), Ricky and Rabin (1986 - minissérie para a Lebanese Broadcasting Company), The Dream Maker (1979) e Agression and Resistance (1979). Como ator, participou de diversas montagens teatrais, minisséries e filmes no Líbano, tendo conquistado numerosos prêmios em festivais internacionais de cinema. Convidado a participar do projeto A última estação, por Mônica Monteiro, coprodutora do filme, foi escolhido pela produtora Beth Curi para atuar como Tarik, no papel do protagonista.

Faça o download da ficha de inscrição aqui

OFICINA INTERPRETAÇÃO PARA CINEMA – O ATOR E A ARTE

Com Mallú Moraes

19 a 22 de setembro, 9h às 16h,
Local: Teatro Sesc Paulo Autran – Taguatinga Norte.
Inscrições: Enviar a ficha de inscrição para festseminariosoficinas@gmail.com
Vagas: 20 alunos
Público alvo: estudantes de artes cênicas, atores e atrizes iniciantes.

A oficina se propõe a transmitir conhecimentos de interpretação para cinema e TV por meio de aulas teóricas, práticas e exercícios de habilidade para interpretar para TV e cinema. A oficina é acompanhada de ensaios, preparação de cenas e textos e Gravações em vídeo.

Mallú Moraes
Atriz e produtora de cinema. Há 25 anos dirige a empresa Aquarela Produções Culturais, tendo trabalhado em mais de 20 curtas e longas-metragens. Entre essas realizações, destacam-se A difícil viagem, de Geraldo Moraes, Mais que a Terra, de Elizeu Ewald, Césio 137, de Roberto Pires, Carlota Joaquina, de Carla Camurati. Atualmente recebeu o prêmio de melhor atriz de curtas-metragens no IV Curta Canoa (Festival de Cinema de Canoa Quebrada) pelo filme A Enciclopédia do Inusitado e do Irracional, de Cibele Amaral. Atuou nas minisséries O farol e Floradas na serra da TV Manchete e em telenovelas. Foi professora do Departamento de Comunicação da Universidade de Brasília por 25 anos. Há 17 anos ministra oficinas de interpretação para cinema em todo o Brasil.

Faça o download da ficha de inscrição aqui

SEMINÁRIO MEMÓRIAS AFETIVAS: 50 ANOS DE CINEMA NA UnB

Coordenação: Profª Drª Tania Montoro

18 de setembro
Local: Kubitschek Plaza Hotel
Inscrições: Enviar a ficha de inscrição para festseminariosoficinas@gmail.com
Público alvo: profissionais do audivosual, estudantes, pesquisadores e público em geral

9h30 às 13h
Mesa: E como tudo começou - Meio século de cinema na UnB

A mesa reúne professores e alunos que, ao longo dos anos 60 e 70 fundaram, refundaram e mantiveram o curso de cinema da UnB - legendária e utópica referência para o ensino do audiovisual, marco da resistência democrática, território da livre expressão e da arte. Trechos de filmes serão exibidos no início do encontro.

Participantes: Vladimir Carvalho, Fernando Duarte, Marcos Mendes, Geraldo Moraes, Pedro Jorge de Castro e Tizuka Yamazaqui.
Homenagem a José Damata, por sua inestimável contribuição na criação dos cineclubes, bem como na formação de novos públicos, alunos, cinéfilos e cineastas da cidade.

14h30 às 16h
Mesa: Como tudo continuou - Dos anos 80 aos dias de hoje

A mesa reúne a experiência do curso de cinema, desde a perspectiva de diferentes gerações de ex-alunos até as memórias e vivências afetivas das diferentes fases do curso, dos momentos, fatos, episódios que, durante os anos 70 e 80, conferiram identidade ao cinema da capital. Trechos de filmes serão exibidos no inicio do encontro.

Participantes: Sérgio Moriconi, Pedro Anísio, João Lanari, Armando Lacerda, Maria do Rosário, Mallú Moraes e João Facó.
Homenagem a Maria Coeli, uma das primeiras alunas da UnB e professora de artes e cinema da Universidade, pelo trabalho pioneiro e tenaz no registro e docência do audiovisual na cidade.

16h30 às 18h30
Mesa: A Universidade nas telas da cidade – Nossos alunos, professores e realizadores.

A mesa reúne a atual geração de professores e ex-alunos, hoje pesquisadores, profissionais e realizadores de projeção nacional, para troca de experiências e perspectivas para o cinema na UnB. Trechos de filmes desses realizadores e trabalhos interativos de professores e alunos serão mostrados no início do encontro.

Professores convidados: Armando Bulcão, Dácia Ibiapina, David Pennington, Denise Moraes, Erica Bauer, Mauro Giuntini, Tânia Montoro, Gustavo Castro, Susana Dobal Jordan.

Ex-alunos convidados: André Carvalheira, André Luís da Cunha, Ardiley Queiroz, Argemiro Neto, Cássio Pereira dos Santos, Daniela Proença, Dirceu Lustosa, Dizo Dal Moro, Erico Cazarre, Felipe Gontijo, José Eduardo Belmonte, Marcelo Díaz, Nôga Ribeiro, Santiago Dellape, Marcela Tamm e Adriana Vasconcelos.

Faça o download da ficha de inscrição aqui

SEMINÁRIO TENDÊNCIAS DO CINEMA CONTEMPORÂNEO: GÊNEROS CINEMATOGRÁFICOS E SUAS INTERFACES

Coordenação: Dácia Ibiapina, professora e cineasta

19 de setembro, de 14h às 17h
Inscrições: Enviar a ficha de inscrição para festseminariosoficinas@gmail.com
Público alvo: profissionais do audiovisual, estudantes e público em geral

Ao longo de mais de 100 anos de história do cinema, foram surgindo tanto diferentes tipos de filmes quanto as tentativas de enquadrá-los: seja por gênero, por temas, seja por escolhas estéticas, entre outras tipificações. Embora cada filme seja único, alguns guardam semelhanças com outros, o que permite agrupá-los e filiá-los a determinadas tendências. Alguns gêneros se tornaram clássicos, como, por exemplo, o western. A distinção entre cinema documentário e cinema de ficção, por exemplo, foi estabelecida logo nos primeiros tempos. Com o avanço da indústria cinematográfica, algo semelhante aconteceu em relação ao par cinema de indústria e cinema de autor. Na produção contemporânea, tais fronteiras vêm sendo borradas e questionadas.

Mesa: Ataídes Braga, Eduardo Santos Mendes, Guile Martins e Adirley Queirós

Mediação: Erika Bauer - professora e cineasta

Faça o download da ficha de inscrição aqui

SEMINÁRIO PAULO EMILIO E A CRÍTICA CINEMATOGRÁFICA

20 a 22 de setembro de 2012, 14h30 às 17h30

Local: Kubitschek Plaza Hotel
Inscrições: Enviar a ficha de inscrição para festseminariosoficinas@gmail.com
Público alvo: profissionais do audiovisual, comunicação, estudantes e público em geral

Dia 20, quinta-feira
14h30 às 17h30
Temas: Cinema Brasileiro - Atividade ainda Cíclica? e Ensaio Cinema Brasileiro - Uma Trajetória no Subdesenvolvimento.
Mesa: Ismail Xavier, Alfredo Manevy e Ivonete Pinto (moderadora)

Dia 21, sexta-feira
Tema: Presença de Paulo Emilio no pensamento cinematográfico brasileiro: ela ainda existe?
Palestrantes: Fernão Ramos, Carlos Augusto Calil, Luiz Zanin e José Geraldo Couto (moderador)

Dia 22, sábado
Tema: O estágio atual da crítica na imprensa escrita e nas plataformas da internet
Mesa: Inácio Araújo, Sérgio Rizzo, Fabio Andrade e Joao Sampaio (moderador)

Faça o download da ficha de inscrição aqui

FÓRUM DE DEFESA E PROMOÇÃO DO CINEMA INFANTIL BRASILEIRO

18 e 19 de setembro, 14h às 18h

Local: Kubitschek Plaza Hotel
Inscrições: Enviar a ficha de inscrição para festseminariosoficinas@gmail.com
Público alvo: profissionais do audiovisual, educadores, estudantes e público em geral

Convidados: Ziraldo, Carla Camurati, Carla Esmeralda, Nilson Rodrigues, Pedro Rovai, Diler Trindade, Renato Aragão, Luiza Lins, Luciana Druzina.
Moderadora: Anna Karina de Carvalho

O objetivo do encontro é reunir cineastas, produtores e articuladores culturais que trabalham com produção e divulgação do cinema infantil brasileiro, para discutir, refletir e propor ações políticas que estimulem e apoiem especificamente a produção de cinema infantil.

Faça o download da ficha de inscrição aqui

DEBATE SOBRE SÉRIES DE TV

23 de setembro, 14h30 às 17h30
Local: Kubitschek Plaza Hotel

Coordenação: Pablo Gonçalo
Público alvo: profissionais do audiovisual, estudantes, pesquisadores e público em geral Mesa: Marçal Aquino, Newton Cannito, Marcel Vieira, Rodrigo Camargo e Pablo Gonçalo (mediador)



ENCONTRO DE CINECLUBES E CINECLUBISTAS DO DISTRITO FEDERAL E ENTORNO

22 de setembro, 14h às 18h

Local: Sala Alberto Nepomuceno do Teatro Nacional Claudio Santoro
Inscrições: Enviar a ficha de inscrição para festseminariosoficinas@gmail.com
Público alvo: representantes de cineclubes, profissionais do audiovisual, estudantes e publico em geral.
Coordenação: Pablo Feitosa, Flávia Felipe e Aluízio Augusto.

Durante o encontro serão debatidos os seguintes temas: Campanha dos Direitos do Público – os filmes são feitos para serem vistos; Autossustentabilidade e ações colaborativas em rede – modelos e propostas; Atual circuito alternativo de exibição no DF e Entorno (escolas públicas do DF); Cineclubismo e Educação: Cine Mais Cultura na rede de ensino médio público no DF.

Faça o download da ficha de inscrição aqui