PROGRAMAÇÃO DIÁRIA

MOSTRA COMPETITIVA

CURTA-METRAGEM

Ficção

ver todos os filmes

CANÇÃO PARA MINHA IRMÃ

Direção: Pedro Severien | Ficção, cor, digital, 18min, PE, 2012
Elenco:
Tiago de Melo Andrade, Sandra Possani, Junior Black e Thaíse Moura



DATA E LOCAL DE EXIBIÇÃO

18 de setembro de 2012, 21h
Sala Villa-Lobos do Teatro Nacional Claudio Santoro
Teatro SESC Newton Rossi Ceilândia, Teatro de Sobradinho, Teatro Paulo Autran SESC Taguatinga e
Teatro SESC Gama

19 de setembro de 2012, 16h e 21h
CCBB - Centro Cultural Banco do Brasil

SINOPSE

Um rio sobre a ponte. Memórias na casa sem teto. Irmã triste. Uma canção.



CRÉDITOS

Produção executiva: Manoela Torres
Roteiro: Luiz Otávio Pereira e Pedro Severien
Fotografia: Pedro Sotero
Montagem: Tita
Som: Nicolas Hallet e Simone Dourado
Direção de arte: Thales Junqueira
Figurino: Andrea Tom
Música original: Tiago de Melo Andrade
Produtora: Orquestra Cinema Estúdio



DIREÇÃO

Pedro Severien
Começou a carreira de diretor com vídeos experimentais de sua autoria em 1999 e em seguida atuou como assistente nos longas Deserto feliz, Kiltro, Lost dogs e Manilla envelopes. Entre os filmes que dirigiu estão Carnaval inesquecível (2007), São (2009), O homem planta (2011) e Canção para minha irmã (2012), exibidos em festivais no Brasil, como a Mostra de Tiradentes e a Janela Internacional de Cinema do Recife, e no exterior, como o Molodist em Kiev. Escreveu o livro O Homem que Explodiu e é corroteirista de País do desejo, de Paulo Caldas, lançado no festival de Gramado em 2011. Atua como produtor e diretor de cinema, à frente da Orquestra Cinema Estúdios. É produtor do longa Boa sorte, meu amor, de Daniel Aragão. Todas as cores da noite é o seu primeiro longa, em fase de pós-produção.