PROGRAMAÇÃO DIÁRIA

notícias

15/05/2012

45º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro

Na manhã desta terça-feira, dia 15 de maio, o Secretário de Cultura do DF, Hamilton Pereira, o coordenador do 45º FESTIVAL DE BRASÍLIA DO CINEMA BRASILEIRO, Sérgio Fidalgo, e a assessora de cinema da Secretaria de Cultura do GDF, Cibele Amaral, anunciaram a abertura de inscrições e as mudanças que irão marcar a edição 2012 do evento. Uma edição que, segundo afirmou o Secretário, “deseja consolidar as inovações feitas no ano passado, quando o Festival de Brasília recuperou seu prestígio”.

De acordo com Hamilton Pereira, permanecerão mudanças realizadas em 2011, como o fim do critério do ineditismo, a incorporação do formato digital na mostra competitiva, a descentralização das exibições e a elevação do valor do prêmio, “hoje o mais alto do Brasil”, destacou. E serão feitas mais alterações: criação de uma mostra competitiva específica para o gênero do documentário – em longa e curta-metragem –, inclusão da cidade do Gama no projeto Festival nas Satélites, transferência das exibições para as salas Villa-Lobos e Martins Penna do Teatro Nacional – “em razão do curso das obras de restauração e reforma do Cine Brasília, previsto para ficar pronto só em novembro”, disse – e mudança no perfil da Mostra Brasília, que agora ficará sob a responsabilidade da Câmara Legislativa. “Caberá à Câmara formatar a Mostra Brasília, criar regulamentação específica, comissão de seleção, de premiação, etc”, explicou Sérgio Fidalgo, anunciando que os filmes desta mostra também serão exibidos nas salas do Teatro Nacional.

Segundo Sérgio Fidalgo, para 2012, com a inclusão da categoria de documentário, espera-se um volume maior de inscrições, portanto as comissões de seleção trabalharão dez dias e não cinco como em 2011. Serão cinco integrantes na comissão de curtas e longas de documentário e cinco para curtas e longas de ficção. E quando questionada sobre o valor mais baixo para o prêmio de Melhor Filme Documentário, em relação ao Melhor Filme de Ficção, Cibele Amaral justificou: “O custo de um filme documentário é mais baixo do que um de ficção. Isso nos foi dito até pelo cineasta Renato Barbieri, que tem uma premiada carreira como documentarista”. Ao que Fidalgo complementou: “Mas só o prêmio de Melhor Filme não tem o mesmo valor; em todas as demais categorias os dois, documentário e ficção, premiam com os valores”.

Sérgio Fidalgo e Cibele Amaral também avisaram que pretendem marcar a 45ª como uma edição festiva. Para tanto, já anunciam o lançamento do catálogo Brasília 5.2 – Cinema e Memória, que vem sendo escrito pela pesquisadora Berê Bahia e que inclui 12 mostras que irão circular pelo DF, de junho a setembro. E a realização de uma oficina de roteiro para séries televisivas que contará com a presença dos escritores Marçal Aquino e Adriana Falcão.

MUDANÇAS PARA A EDIÇÃO DE 2012

- Criação da mostra competitiva de documentário (curtas e longas).
- Aumento do número de filmes das mostras competitivas:
- 6 longas de ficção.
- 6 longas de documentário.
- 6 curtas de ficção.
- 6 curtas de documentário.
- 6 curtas de animação.
 
- PREMIAÇÃO: aumentou de 405 mil para 635 mil
Aumento das categorias de prêmios:

DOCUMENTÁRIO (LONGA): melhor filme, melhor direção, melhor fotografia, melhor direção de arte, melhor trilha sonora, melhor montagem; e melhor filme pelo júri popular

DOCUMENTÁRIO (CURTA): melhor documentário, melhor direção, melhor fotografia, melhor direção de arte, melhor trilha sonora, melhor som, melhor montagem; e melhor filme pelo júri popular.
 
- FESTIVAL NAS CIDADES DO DF:
Foi ampliada: este ano os filmes serão exibidos em cinco cidades, Brasília, Gama, Taguatinga, Ceilândia e Sobradinho, com votação para o prêmio do júri popular.
As exibições dos filmes das mostras competitivas acontecerão simultaneamente no Teatro Nacional, no Teatro Newton Rossi da Ceilândia, no Teatro de Sobradinho, no Teatro Paulo Autran SESC Taguatinga e no Teatro do SESC do Gama. No dia seguinte à exibição dos filmes haverá reprise no CCBB – Centro Cultural Banco do Brasil.
 
PROGRAMAÇÃO GERAL: mostras competitivas de filme de longa metragem de ficção e de documentário, filmes de curta metragem de ficção, de documentário e de animação, além de mostras paralelas, tais como Mostra Brasília, Mostra Panorama Brasil, Festivalzinho e, ainda, encontros, debates, seminários, oficinas, Cinema Voador, Festival nas cidades do Distrito Federal, lançamentos de catálogos, livros e DVDs e solenidades de abertura e de premiação.
 
- MOSTRA PANORAMA BRASIL – iniciativa inédita na edição do Festival no ano passado, novamente será apresentada, com exibição de cinco filmes de longa metragem representativos do panorama do cinema nacional, convidados pelo festival.
 
- FESTIVALZINHO – exibição em todas as cidades do Distrito Federal de filmes para alunos das escolas públicas.
 
- MOSTRA BRASÍLIA – a mostra será regulamentada pela Câmara Legislativa do DF - exibição dos filmes selecionados e produzidos no DF concorrentes ao troféu Câmara Legislativa do DF.
 
DEBATES:
- Debate sobre séries de TV, com Marçal Aquino (Força Tarefa); Adriana Falcão (Louco por elas) e Pablo Gonçalo – crítico, roteirista, cineasta e professor no IESB (Mediador).
 
- Debate com as equipes dos filmes concorrentes.
 
- Seminário sobre a Crítica Cinematográfica.
 

OFICINAS:
Oficina de Interpretação para Câmera - com o ator libanês Mounir Maasri - para atores profissionais
Interpretação para iniciantes  - com Mallu Moraes
 

PRÊMIOS: Troféu Candango e em prêmios em dinheiro: R$ 635.000,00.

Filme de longa metragem de ficção
Melhor filme - R$ 250.000,00
Melhor direção - R$ 20.000,00
Melhor ator - R$ 5.000,00
Melhor atriz - R$ 5.000,00
Melhor ator coadjuvante - R$ 3.000,00
Melhor atriz coadjuvante - R$ 3.000,00
Melhor roteiro - R$ 5.000,00
Melhor fotografia - R$ 5.000,00
Melhor direção de arte - R$ 5.000,00
Melhor trilha sonora - R$ 5.000,00
Melhor som - R$ 5.000,00
Melhor montagem - R$ 5.000,00
 
Filme de longa metragem documentário
Melhor filme de longa metragem de documentário – R$100.000,00
Melhor direção - R$ 20.000,00
Melhor fotografia - R$ 5.000,00
Melhor direção de arte - R$ 5.000,00
Melhor trilha sonora - R$ 5.000,00
Melhor som - R$ 5.000,00
Melhor montagem - R$ 5.000,00
 
Filme de curta metragem de ficção
Melhor filme - R$ 20.000,00
Melhor direção - R$ 5.000,00
Melhor ator - R$ 3.000,00
Melhor atriz - R$ 3.000,00
Melhor roteiro - R$ 3.000,00
Melhor fotografia - R$ 3.000,00
Melhor direção de arte - R$ 3.000,00
Melhor trilha sonora - R$ 3.000,00
Melhor som - R$ 3.000,00
Melhor montagem - R$ 3.000,00
 
Filme de curta metragem de documentário
Melhor documentário de curta metragem - R$ 20.000,00
Melhor direção - R$ 5.000,00
Melhor fotografia - R$ 3.000,00
Melhor direção de arte - R$ 3.000,00
Melhor trilha sonora - R$ 3.000,00
Melhor som - R$ 3.000,00
Melhor montagem - R$ 3.000,00
 
Filme de curta metragem de Animação
Melhor filme de curta metragem de animação - R$ 20.000,00
 
b) Prêmio do Júri Popular: total 65.000,00
Melhor filme de longa metragem de ficção- R$ 20.000,00
Melhor filme de longa metragem documentário - R$ 15.000,00
Melhor filme de curta metragem de ficção - R$ 10.000,00
Melhor filme de curta metragem de documentário - R$ 10.000,00
Melhor filme de curta metragem de Animação - R$ 10.000,00


Data do Festival: 17 a 24 de setembro de 2012
Inscrições: até 30 de junho
*O regulamento está disponível em: http://www.festbrasilia.com.br/regulamento


Assessoria de imprensa (para uso exclusivo dos jornalistas):
Objeto Sim Projetos Culturais
Tels: (61) 3443. 8891 e (61) 3242. 9805 (fone/fax)
Carmem Moretzsohn: 8142. 0111 - Gioconda Caputo: 8142. 0112
Maria Alice Monteiro: 9831. 5090 – Roberta Timponi: 9211. 1414
objetosim@terra.com.br e objetosim@gmail.com
www.objetosim.com.br