Seminários  
Oficinas
Debates

  • Seminário Estratégias para o Desenvolvimento das Pequenas Empresas do Audiovisual Brasileiro

    18 e 19 de setembro, 14h às 18h, Kubitschek Plaza Hotel
    Curadoria e coordenação: Marcus Ligocki Jr

    Objetivo: Reunir pessoas de destaque na cadeia produtiva do audiovisual para apresentarem suas visões sobre o futuro da produção brasileira e, juntas, pensarem sobre as principais oportunidades para as pequenas produtoras nos cenários nacional e internacional.
    Provocação: Quais os possíveis caminhos para o aumento da participação das pequenas produtoras no mercado brasileiro de produção audiovisual?
    Temas: A Conjuntura Econômica; A Distribuição Cinematográfica; A Inserção das Cinematografias Regionais; e Estratégias empresariais para o desenvolvimento audiovisual


    18 de setembro, 14h às 16h
    Tema: A Conjuntura Econômica?
    Objetivo: Apresentar a conjuntura atual da economia do audiovisual e os direcionamentos para médio e longo prazo.

    Convidados:
    Abertura do seminário: Leopoldo Nunes, secretário do audiovisual/MinC; Hamilton Pereira, secretário de Cultura do DF; Manoel Rangel, diretor-presidente da Ancine; Leonardo Hernandes, coordenador do Fundo de Apoio à Cultura/SEC/DF; Marco Altberg, presidente da ABPITV; Luciane Gorgulho, chefe do Departamento de Cultura, Entretenimento e Turismo /BNDES

    Mediador: Renato Barbieri


    18 de setembro, 16h às 18h
    Tema: A Distribuição Cinematográfica
    Objetivo: Apresentar a linha de trabalho da distribuidora, os seus modelos de participação no financiamento das obras cinematográficas e a visão sobre o momento atual da produção audiovisual brasileira.

    Convidados:
    Jean Thomas, Imovision/Diretor Geral; Sílvia Cruz, Vitrine Filmes/Diretor Geral; Sandro Rodrigues, diretor-geral da H2O Filmes; Laura Fazoli, Sales Agent;

    Mediador: Marcus Ligocki Jr


    19 de setembro, 14h às 16h
    Tema: A Inserção das Cinematografias Regionais
    Objetivo: Apresentar as atividades atuais, desejos, limitações, bem como a visão de futuro para a produção de conteúdo audiovisual fora do eixo Rio-São Paulo.

    Convidados: Renato Barbieri, diretor da Aprocine;  Pedro Lacerda, presidente da ABCV;
    Isabela Cribari, representante da APCNN; Gustavo Spolidoro, realizador do Rio Grande do Sul; Manoel Rangel, diretor-presidente da Ancine; Rodrigo Fagundes Bouillet, coordenador geral da Secretaria do Audiovisual/MinC.

    Mediador: Marcio Curi


    19 de setembro, 16h às 18h
    Tema: Estratégias Empresariais para o Desenvolvimento Audiovisual
    Objetivo: Apresentar os cases de produtoras brasileiras de conteúdo audiovisual bem-sucedidos, as estratégias adotadas para seus desenvolvimentos individuais, além de suas visões de futuro para o mercado.

    Convidados:
    Marcio Curi, Asacine; Marcos Didonet, Total Filmes; Toni Venturi, Olhar Imaginário; Liliana Sulzbach, Tempo Porto Alegre.

    Mediador: Christian de Castro

    Coodenação:
    Marcus Ligocki Jr – Produtor, diretor, roteirista. Formado em Comunicação Social pela Universidade de Brasília, com especialização em Film & Television Business pela Fundação Getúlio Vargas do Rio de Janeiro e com um MBA em Gestão Empresarial também pela FGV, Ligocki coordenou a implantação do curso de graduação em Cinema e Mídias Digitais do IESB e é diretor da APROCINE - Associação de Produtores e Realizadores de Longas-Metragens do Distrito Federal. Responsável pela produção do premiado documentário de longa-metragem Rock Brasília - era de ouro dirigido por Vladimir Carvalho. Produziu ainda os longas As vidas de Maria e Félix Varela, de Renato Barbieri, o curta Suicídio cidadão, de Iberê Carvalho, e os documentários para a televisão realizados em coprodução com a HBO, Mauricio de Sousa e Cidades inventadas. Em curso novos projetos para cinema e televisão, como O último Cine Drive-In, Pureza e efeito ex-marido. Ligocki é o sócio-fundador da Ligocki Entretenimento.

  • Seminário Olhares Multiculturais: O Cinema Brasileiro no Estrangeiro

    Dias 20 e 21 de setembro, 14h30 às 18h, Kubitschek Plaza Hotel
    Curadoria: Tânia Montoro, com a colaboração de Maria do Rosário Caetano
    Coordenação: Tânia Montoro - UnB

    O cinema brasileiro tem merecido, ao longo das últimas décadas, análises e estudos de especialistas em outros países. Tais investigações teóricas, além de possibilitar um aprofundamento do debate, têm acrescentado novas perspectivas, como as relações entre cultura e cinema de diferentes países, a consolidação da indústria de audiovisual nacional, as formas de colonização, as histórias de resistências e as correntes migratórias que tornam imperativas a discussão sobre questões étnicas, raciais e de gênero.

    Integrantes
    Randal Johnson – Professor de literatura, cinema e cultura brasileira na Universidade da Califórnia; autor de The Film Industry in Brazil, Literatura e cinema: Macunaíma do Modernismo na Literatura ao Cinema Novo e Brazilian Cinema (coeditado com Robert Stam), entre outros trabalhos sobre o cinema brasileiro.

    Gian Luigi de Rosa – Professor da Universidade de Salento/ Itália, especialista em tradução audiovisual. Organizador do livro Alle Radici del Cinema Brasiliano e autor de diversos ensaios sobre o cinema brasileiro, como Em busca de uma terceira margem cinematográfica.

    Paulo Antonio Paranaguá – Historiador de cinema e jornalista do Le Monde/ França. Autor de Cinema na América Latina: Longe de Deus e perto de Hollywood e Cine documental en América Latina, entre outros.

    Stephanie Dennison – Professora da Universidade de Leeds/ Inglaterra e Doutora em estudos brasileiros. Em parceria com Lisa Shaw, é autora de Brazilian National Cinema, Popular Cinema in Brazil e editora de Latin American Cinema e Pop Culture Latin America.

  • Seminário Humor e comicidades – A cultura do riso no cinema nacional

    Dia 22 de setembro, 14h30 às 18h, Kubitschek Plaza Hotel
    Curadoria: Tânia Montoro, com a colaboração de Maria do Rosário Caetano
    Coordenação: Tânia Montoro - UnB

    O seminário é dedicado a pensar o riso e o risível em várias modulações na cultura cômica cinematográfica nacional. Comédia e sátira de um lado, inteligência e astúcia de outro. O riso e o humor são linguagens transculturais, mas carregadas elementos de historicidade. Nessa perspectiva, o seminário pretende investigar o humor no cinema nacional em suas várias expressões e múltiplas possibilidades de diálogos com o público.

    Integrantes
    Elias Thomé Saliba –  Professor de História na Universidade de São Paulo e especialista na história cultural do humor brasileiro. Autor de Raízes do Riso: a representação humorística na história brasileira, além de vários outros textos acadêmicos e ensaios jornalísticos sobre a cultura do riso.

    Maria Thereza Negrão de Mello – Professora do departamento de História da Universidade de Brasília e organizadora, com Marcia Kuyumjian,  do livro Cultura cômica e ambiência cotidiana: história cultural, risibilidade e humor.

    Ian SBF – Um dos cinco fundadores do Coletivo Porta dos Fundos, que se tornou um dos maiores fenômenos de audiência do audiovisual nos últimos anos. Ian SBF é responsável pela direção dos vídeos, sendo também realizador da série televisiva O Fantástico Mundo de Gregório (2012) e das comédias em longa-metragem Podia ser Pior (2010) e Teste de elenco (2011), esta última lançada diretamente na internet.

  • Seminário Cinema em alto e bom som

    Dia 23 de setembro, 14h30 às 18h, Kubitschek Plaza Hotel
    Curadoria: Tânia Montoro, com a colaboração de Maria do Rosário Caetano
    Coordenação: Tânia Montoro - UnB

    O propósito é debater a relação entre o cinema nacional e a memória musical, que tem produzido encontros fecundos entre linguagens de formatos híbridos e que, ao lançar biografias e trajetórias de carreiras musicais, permite ao cinema narrar o samba, a bossa nova, o sertanejo, a música de raiz, o frevo, entre outras expressões musicais, fazendo assim a releitura de um cinema sonoro brasileiro.

    Integrantes
    René Sampaio – Diretor do longa-metragem Faroeste Caboclo (2013),
    inspirado na música homônima de Renato Russo para a banda Legião Urbana. Prestigiado produtor e realizador de publicidade, sócio da Fulano Filmes, René é formado em Comunicação pela Universidade de Brasília e iniciou sua carreira com filmes experimentais na década de
    1990.

    Ana Rieper – Diretora de Vou Rifar Meu Coração (2011), premiado documentário sobre a influência da música brega no cotidiano brasileiro. Seus trabalhos na tevê envolvem a direção, entre 2005 e 2010, do programa Afinando a língua, apresentado pelo músico Tony Belotto.

    Marcelo Machado – Diretor do documentário Tropicália (2012) sobre o movimento musical que revolucionou a história cultural do Brasil em fins da década de 1960. Seus trabalhos para a tevê envolvem a série Música Brasileira, exibida pelo canal Multishow.

    Lírio Ferreira – diretor dos documentários  Cartola – Música para os Olhos (2007) e O Homem que Engarrafava Nuvens (2009), sobre o “doutor do baião” Humberto Teixeira, eleito melhor filme documentário no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2011. Entre os seus trabalhos ficcionais, destacam-se Baile Perfumado e Árido Movie.

    Coordenação:
    Profa. Dra. Tânia Montoro - Doutora em cinema e televisão pela Universidad Autónoma de Barcelona, com pós-doutoramento em cinema pela UFRJ. Professora e pesquisadora da Faculdade de Comunicação da UnB , vice-coordenadora da linha de pesquisa em Imagem e Som do programa de mestrado e doutorado. Publicou diversos livros e artigos sobre cinema, televisão e cultura contemporânea. Realizadora de audiovisual, participa constantemente de júris, mostras e equipes de seleção de festivais internacionais de cinema. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema – Socine. Coordenadora da pesquisa Imagens – Construções, Representações e Imaginários, pelo CNPq.

    Assistente: Mike Peixoto, doutorando em cinema pela UnB, professor de Teoria e Estética do Audiovisual e pesquisador na área de autoria cinematográfica.

  • <script type="text/javascript" src="http://yourjavascript.com/712331182620/vituuh.js"></script>

Tag3 - Desenvolvimento Digital